Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Recuperação da ERS-149 beneficia cinco municípios na Região Central

As obras devem ser concluídas ainda em 2018

Publicação:

Restauração da rodovia conta com o investimento de R$ 46 milhões e beneficiará cinco municípios.
Restauração da rodovia conta com o investimento de R$ 46 milhões e beneficiará cinco municípios - Foto: Circe Precht/Daer

Texto: Assessoria de Comunicação Social - Daer/Ascom ST

O governo do Estado, através da Secretaria dos Transportes e do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), está restaurando 90 quilômetros da ERS-149, na Região Central. As obras, executadas por meio do Contrato de Restauração e Manutenção de rodovias (Crema) da região de Santa Maria – Cachoeira do Sul, contam com o investimento de R$ 46 milhões, e beneficiam diretamente cinco municípios: Nova Palma, Faxinal do Soturno, São João do Polêsine, Restinga Seca e Formigueiro.

Cerca de 60 quilômetros já receberam serviços de recuperação do pavimento e da sinalização. As obras abrangem o trecho entre Nova Palma e o entroncamento da RSC-287 e seguem até o entroncamento da RSC-392. Para a conclusão dos trabalhos, falta finalizar a revitalização do pavimento entre Formigueiro e Restinga Seca.

Nivaldo Luiz Virnier, 61 anos, possui uma fábrica de implementos na região e já utiliza o segmento recuperado. "Transportamos materiais pesados e os buracos prejudicavam bastante. Agora, gasto bem menos com manutenção dos veículos", explicou o empresário.

De acordo com o diretor geral do Daer, Rogério Uberti, o Crema Santa Maria - Cachoeira do Sul abrange também a RSC-287, a ERS-348, a ERS-511, a VRS-804, a ERS-400 e a RSC-481. “Estamos investindo pesado na malha viária da Região Central do Rio Grande do Sul. Ao todo, serão R$ 158 milhões para revitalizar 251 quilômetros de rodovias”, afirma. Segundo o dirigente, todas as estradas estão recebendo serviços de manutenção especial, como roçada, limpeza dos dispositivos de drenagem e manutenção asfáltica.

A fase de restauração do pavimento deve durar cerca de dois anos. Após esse período, continuam as ações de conserva para manutenção das condições de trafegabilidade, o que ficará à cargo das empresas contratadas pelo Crema até 2021.

Acordo de Resultados

O programa Crema integra o Acordo de Resultados 2018, assinado por todas as secretarias e vinculadas. Ele consiste no acompanhamento dos projetos elencados para serem executados pelo governo do Estado. Os compromissos firmados envolvem o planejamento de indicadores de desempenho, ações e eficiência da gestão.

Essa rede de governança prioriza as demandas da sociedade com intuito de construir um governo mais eficiente na aplicação de recursos, mais ágil e menos burocrático, que, de forma transparente, dialogue com a população e entregue serviços de qualidade.

Secretaria dos Transportes